Estratégia para criação do corredor bioceânico – ADESG – Rondônia

Administração Frenare 18/01/2017

DESENVOLVIMENTO
Estratégia para criação do corredor bioceânico fará parte de ciclo de estudos da Associação da Escola Superior de Guerra
20 de outubro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia
Porto Velho é o maior e mais populoso município de Rondônia
ADESG oferecerá capacitação em ações estratégicas para desenvolvimento econômico de Rondônia
Criada em 1983 em Rondônia pelo então governador Jorge Teixeira, a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg) vive uma nova fase. A instituição estava desde 2005 sem atividades, mas com a nomeação do advogado Helder Risler de Oliveira ao cargo de delegado, ocorrida em fevereiro deste ano, foram iniciadas as articulações para que a entidade retomasse as ações no estado.

A primeira delas é o Ciclo de Estudos e Pesquisa Adesg Rondônia que inicia a partir das 18h desta quinta-feira (20) e segue até esta sexta-feira (21), no auditório do 5° BEC, em Porto Velho, e trará para o debate temas, como sustentabilidade e a importância do Corredor Bioceânico para a Amazônia Ocidental. A abertura do evento contará com a participação do governador de Rondônia e o comandante da 17ª Brigada de Infantaria e Selva, general Costa Neves.

A expectativa do delegado da Adesg-RO, Helder Risler, é apresentar o papel estratégico da entidade para o desenvolvimento de Rondônia aos representantes de setores produtivos e de articulação para o avanço social, econômico e sustentável do estado. ‘‘O nosso objetivo com essas palestras é divulgar o curso que iremos promover em 2017 com duração de quatro meses e terá como tema o planejamento para viabilizar o Corredor Bioceânico’’, afirma o delegado.

REIMPLANTAÇÃO

A reimplantação da associação após mais de uma década sem atividades conta com o apoio do governo de Rondônia. ‘‘Como a associação não tem fins lucrativos, não cobra mensalidades, ela vive de apoio institucional do Estado. Quando eu tomei posse apresentei a proposta da retomada da Adesg em Rondônia ao governador Confúcio e ele prontamente ofereceu apoio’’, destaca o delegado. Ainda de acordo com ele, o governador já sinalizou que indicará servidores públicos para participarem do curso.

A ideia da Adesg-RO é que a próxima turma de alunos tenha como foco o planejamento de ações o aproveitamento da posição estratégica de Rondônia, localizado no coração da América Latina, através do projeto do Corredor Bioceânico para a Amazônia Ocidental. Uma iniciativa, que segundo Risler, garante redução de custo e tempo para as exportações aos países que fazem fronteira com o Brasil.

Para Risler, o tema é importante para o rompimento da cultura de ciclos econômicos que o estado possui. ‘‘Nós tivemos o ciclo da borracha, depois tivemos o ciclo do ouro, o da usina e agora Rondônia no governo do vai viver a industrialização. Está sendo criada a Zona de Processamento de Exportação, então para isso nós precisamos ter pessoas especializadas, em gestão estratégica e nós vamos transformar o Estado em um Corredor Bioceânico para levar produtos do oceano Atlântico para o Pacifico’’, explica.

CAPACITAÇÃO

De acordo com delegado da Adesg-RO Helder Risler, o evento também é uma forma de divulgar a função da Escola Superior de Guerra (ESG) e da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg-RO). A Escola Superior de Guerra foi criada em 1949 e tem como meta formar profissionais capacitados para o assessoramento de ações planejadas para Segurança e Desenvolvimento.

A Adesg surgiu em 1951 para congregar os diplomados da ESG e divulgar a doutrina da instituição. Em Rondônia, a primeira turma da Adesg foi formada em 1883 e a ultima em 2005. Ao todo 236 profissionais foram formados pela entidade. Segundo Risler, o Ciclo de Estudos e Pesquisa Adesg Rondônia também será uma oportunidade para reunir ex-alunos e convidá-los a fazer parte da nova diretoria da associação.

‘‘Vamos formar assessorias de alto nível quer seja para o serviço público ou iniciativa privada, especializada na doutrina idealizada na Escola Superior de Guerra que é Segurança e Desenvolvimento. Foi criada toda uma estratégia de desenvolvimento político que levam as pessoas a cumprirem as metas estabelecidas’’, destaca Risler.

PROGRAMAÇÃO

ESG - Cel. Louzada - 04 1280 x 871

Delegado da ADESG, Helder Risler, explica potencial econômico de Rondônia ao palestrante convidado, coronel Louzada

O Ciclo de Estudos e Pesquisa Adesg Rondônia terá dois dias de intensos debates. O governador fará nesta quinta-feira (20) a abertura do evento. Em seguida o palestrante convidado, professor da Escola Superior de Guerra, Cel José Teixeira Louzada apresentará a palestra com o tema Teoria do Poder e o Poder Nacional.

‘‘Nós lá na ESG temos um corpo de professores e estamos sempre rodando esse Brasil inteiro nas Adesg promovendo cursos, palestras e nessas palestras que nós fazemos nós procuramos sempre mostrar o que é a Escola Superior de Guerra, esse espírito ‘Esguiano’ que gerou o espírito adesguiano. Há um entusiasmo. Só quem passou por lá e que sabe o que significa’’, disse Louzada.

O palestrante ingressou na Força Aérea em1959, é graduado em economia, administração de empresas e pós-graduado em Ciências Políticas. Já ocupou funções como chefia do Gabinete do Ministro da Aeronáutica e do Gabinete Militar da Presidência da República.

Também estará presente no primeiro dia do evento o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) Marcelo Thomé, responsável pela palestra com o tema: Desafios regionais e sustentabilidade na Amazônia Ocidental.

Enquanto que na sexta-feira (21) a palestra de abertura programada para às 18h ficará a cargo do delegado da Adesg-RO Helder Risler, o qual explicará o papel do Sistema ESG-Adesg. Em seguida o comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, Gen. Costa Neves apresentará palestra com tema: Segurança e Defesa na Amazônia Ocidental – O papel dos militares na consolidação da Fronteira Oeste.

A palestra de encerramento será feita pelo vice-governador Daniel Pereira e tem como tema: Relações Internacionais – A importância do Corredor Bioceânico para a Amazônia Ocidental. A expectativa do delegado é que cerca de 100 pessoas compareçam ao evento.

PALESTRAS

Quinta-feira -20/10/2016

18h-18h30 – Abertura: Governador , Gen. Bda. Costa Neves e Dr. Hélder Risler

18h30-19h20 – Teoria do Poder e o Poder Nacional/Palestrante: Cel Louzada

19h20 – 19h40 – Intervalo

19h40 – 20h30 – Desafios regionais e sustentabilidade na Amazônia Ocidental/ Palestrante: Presidente da Fiero – RO Marcelo Thomé

20h30 – 21h – Debates

21h30 – Encerramento

Sexta-feira -21/10/2016

18h-18h30 – O Sistema ESG – Adesg/Palestrante: Prof. Dr. Helder Risler

18h30-19h20 – Segurança e Defesa na Amazônia Ocidental – O papel dos militares na consolidação da Fronteira Oeste

19h20 – 20h10 – Intervalo

20h10 – 21h – Relações Internacionais – A importância do Corredor Bioceânico para a Amazônia Ocidental

21h – 21h30 – Debates

21h30 – 22h30 – Encerramento

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Maicon Lemes
Secom – Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Translate »